Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho, conforme Lei Nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.

À noite ela olhava através da janela os seus sonhos. Imaginava viajar pelas estrelas como fechos de luzes a brilhar. Seu maior desejo era conhecer a lua de perto, conversar com ela e saber de todos os segredos que guardava consigo. Os olhos brilhavam cada vez que pensava em viver este encontro. Era alegria só!

Tinha sempre ao seu lado um ursinho chamado carinhosamente de Pingo, porque ele a lembrava dos pingos de mel que a sua mãe colocava em suas omeletes no café da manhã. A riqueza dos detalhes que a mãezinha preocupadamente tinha com a sua refeição matinal, deixava-a encantada.

Pingo, sempre andava acompanhado da sua plantinha de estimação. Pequenos ramos de brotos de bambu ornamentavam a janela junto com as luzes das estrelas. A natureza se fazia presente também dentro do quarto.
A menina vez por outra conversava com Pingo sobre todos os sentimentos que mexiam com o seu íntimo. Ele era o seu confidente.

Um dia, ela contou a Pingo uma ação matreira que cometera na escola, mas era tão engraçada, que ambos riam-se a valer! O ursinho era realmente um grande amigo da menina.

As noites se passaram como dezenas de vaga-lumes ao luar e tudo se repetia com o imenso prazer de ver as estrelas e a lua.

O tempo voou como pássaros fugindo do inverno. A menina cresceu, as estrelas e o luar continuaram, pingo virou um simples brinquedo a enfeitar a cômoda do quarto, mas os sonhos de criança nunca se foram.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Caro leitor(a), por favor, click abaixo em COMMENT e comente o texto lido, a sua opinião é muito importante para avaliar o conteúdo das histórias publicadas. Obrigado!