Dama nobre que desperta os sentimentos n’alma,

Deste humilde poeta a viver tristonho,

Não me deixes perder em teu corpo a calma,

Neste intenso, estimulante e divago sonho.

Como é bom conviver com o teu sorriso,

Misturar o meu corpo ao calor do teu

E sentir o sabor desses teus lábios,

Se envolvendo totalmente junto aos meus.

Arroje-se em intenso devaneio

E explore de verdade este corpo probo,

Chegue demonstrando para o que veio

Fazendo deste cordeiro novamente um lobo.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho