Abracei-te na chegada e na despedida 

e chorei no tempo lágrimas de dor,

abracei-te por toda uma vida,

abracei-te com todo o meu amor.

Abracei o calor do teu abraço,

abracei o sorriso da tua boca,

abracei os teus cabelos e, como louca,

me abraçavas sem pudor.

Ri-me do desejo que sentia em enorme felicidade,

ri daquele dia, ri da mocidade,

vi o tempo passar como um longo raio,

vi tu desabrochar como flor no mês de Maio.

Vimos o tempo passar 

e o nosso amor sobreviver,

tu me viu aos vinte anos a te abraçar,

hoje me tens em teus braços a envelhecer.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment on A vida e o tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *