LIBERTAS QUAE SERA TAMEN


Nos caminhos secretos da Conjuração Mineira,
No ápice da escravidão do ciclo do ouro,
Simples alferes possuidor de moral tesouro
Marca profundo esta humanidade inteira.

Indignado com a paga do imposto do quinto,
Onde representa dura e sofrida exploração,
Torna-se inconfidente na própria região
E Luta pela libertação de um povo distinto.

Da sua natureza, irrefreável liberdade,
Absorve forças para a grandiosa vitória,
Inspira a República na amada cidade.

Na bandeira que hoje tremula aqui e além,
Está escrita a frase real da história,
As notáveis: Libertas Quae Sera Tamen.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment

error: Content is protected !!