Sentimento de um Povo


Lindo é esse amor organizado,

Que vem e que vai num ardor juvenil,

Aquece o coração, no pulsar desordenado,

E banha a pátria desse nosso Brasil.

Enorme, firme é um gigante,

Surfa nas ondas do povo nas ruas,

A pedir de forma mais que elegante,

Dignidade para a gente sua.

Amor esse desenfreado,

Que brilha nas noites de verão,

E quando se sente acalmado,

Pulsa novamente o coração.

Dignidade é a chave que lhe abre,

Esperança é a consolação,

De ver um dia a Pátria madre,

Livre da chaga: a corrupção.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment

error: Content is protected !!