Noite de Natal


Nas mãos pequenos panos crochetados,

No coração a tristeza suporta,

Doando os paninhos ensacados

Para as mães venderem porta-a-porta.

Não dá esmolas, pois sente que humilha,

Promove à todas desventuradas,

Alimentos coloca nas mesas vazias

Para a noite de Natal enluarada.

É um exemplo vivo para os seus amores

De afeto e amizade solidária,

No seu corpo as roupas multicores,

No pescoço Jesus em sua medalha.

Ensina à filha Esperança a lealdade,

Demonstrando na ação do bem o amor servil,

É a mãe que se chama Caridade,

Nas noites natalinas do Brasil.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment

error: Content is protected !!