Poesia para Mãe


Mãe, quando o sol brilha na manhã,

Vejo o teu rosto a sorrir nos meus sonhos

E os sentimentos em mim se misturam,

Tentando tocá-lo com minhas mãos. 

Quando à noite chega junto com a escuridão,

Dos teus olhos uma intensa luz brilha

Para iluminar os caminhos por onde passo

E me permitir andar seguro. 

Não me perco nas estradas que a vida expõe

Porque tu me guias com os teus sentimentos

De amor e ternura a conduzir-me com segurança

E levar o teu filho ao destino em paz. 

Mãe, no hoje que se comemora o teu dia,

Tenha a certeza do meu coração sussurrar

O teu nome, agradecido por sempre estar presente 

A guiar-me pela vida, sendo candeeiro eterno. 

Autor Bessa de Carvalho 

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment

error: Content is protected !!