Sou Alma

Não sou esse corpo que chora e se agarra na dor.

Nem o que sofre as intempéries da natureza.

Não sou um corpo somente de carne,

Que necessita do alimento para a vida.

Não sou apenas um corpo a se manifestar ou calar

Diante da ausência do amor,

Que entra e sai no sofrimento.

Sou alma que sente, pensa e age com emoção.

Grita por socorro quando se fere os sentimentos,

Ri da felicidade quando tão rara vem e alegra o coração.

Sou o amar da natureza e o adocicar da árvore frutífera.

A mata selvagem onde a vida se espalha como semente.

O céu azul cujo sol brilha.

Sou o silêncio do eco, que se ouve e se cala.

Sou as palavras de amor que se pronuncia,

Quando o teu sorriso e teus olhos o amor me fala.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment

error: Content is protected !!