Mãe

Uma simples palavra que renomeia a palavra amor. Não um amor qualquer, mas o sentimento mais puro que há em nosso planeta. Este que melhora as pessoas, torna-as gente de bem, melhoradas e

reeditadas na vida.

Pode-se até afirmar que mãe, é um sentimento Divino. É tão Divino, que na ausência dela um pai assume o seu papel.

Mãe, uma palavra com três letras: M, de maternal; A, de abençoada; E, de especial. Tão especial, que ela não morre… é imortal. Vive para a eternidade. Dizem: uma pessoa quando morre, nasce uma estrela no céu.

Todavia, quando uma mãe morre, nasce uma constelação.

Mãe, hoje queria que estivesse comigo fisicamente, mas como não é possível, fico contigo espiritualmente. Sei que está aqui, pois sinto o seu perfume de água de cheiro, ouço o seu caminhar sereno e posso sentir o

seu afago.

Meus olhos às vezes lhe veem, pois Deus me concedeu a graça de vê-la em meus sonhos, ou vez por outra na luz. Não tenho muito a oferecer-lhe, no entanto aceite esta pequena

e singela mensagem de amor.

Autor Bessa de Carvalho

Direitos autorais reservados a Bessa de Carvalho

Leave a Comment

error: Content is protected !!